Notícias

Ver lista completa

Ser Passionista

  • Compartilhar:

Carolina Degrandi Lira estudou no Colégio Passionista Nossa Senhora Menina por 15 anos. Em 2017, sua caminhada no Ensino Médio se encerrou com um belo resultado e nós, educadores passionistas, ficamos muito felizes com as aprovações conquistadas pelos nossos educandos. 15 anos é bastante tempo e, nossa educanda (sim, ser passionista não apenas "estar" em um Colégio. É abraçar um projeto de educação para a vida) escreveu esse emocionante texto que compartilhamos com vocês. Parabéns, Carolina!

"É gratificante ver todos esses resultados. 2017 foi um ano de muita batalha, muita pressão. Duvidei muito de mim, duvidei dos outros quando diziam que eu era capaz. Lutei contra matérias que eu simplesmente não entendia, como Química e Física. Me vi dividida entre o mundo das Exatas e Humanas, porque eu SOU puramente humanas, mas resolvia todos os exercícios de Matemática e, bem... Matemática sempre foi minha melhor nota. Eu me sentia realizada resolvendo problemas matemáticos, e mais ainda lendo e interpretando um texto. Por meses fiquei nessa dúvida. Por meses lutei contra opiniões como "mas você vai fazer LETRAS? Por que não faz algo melhor, tipo... Direito, Jornalismo.". Mas minha família e meus professores sempre foram meus maiores aliados. Em 2017, estudei tanto que já me encontraram chorando em cima de um livro de Física, ou até dormindo na mesa após 14h de estudo. Chorei, gritei, tive ataques de ansiedade, pânico, crises na depressão, insônia, pesadelos, espasmos noturnos, dores no corpo, dores de cabeça crônicas, dores de estômago de nervoso. E após tanto sacrifício, após tanto estudo, após deixar saída com amigos de lado, algumas horas a mais de sono... Recebi esse resultado. Sexto lugar na PUCPR. Oitavo lugar na UTFPR. E em segundo lugar na lista de espera da UFPR.

Não poderia agradecer mais a Deus, pois tantas vezes parecia impossível e Ele mostrou-se presente de diversos modos. Não poderia ser mais grata à minha família, que sempre me apoiou, me acolheu, e me incentivou. Não poderia amar mais a família Passionista. Foram 15 anos estudando na meeeeeelhor escola do sul do mundo : D S2. Um corpo docente maravilhoso, que definitivamente insipirou-me na escolha do meu curso. Só sou quem eu sou graças ao Passionista.

E mesmo agora, sim, passando por cima da minha indecisão libriana, digo que me decidi. A partir desse ano, serei da família UTFPR. Mas nunca, jamais, em hipótese alguma, vou deixar minha família Passionista. Eu disse uma vez que para sempre estaria escrito no meu peito "Passionista", e não seria pelo uniforme. Visto hoje universidades, mas só foi possível porque agarrei muito o manto Passionista. S2

Feliz demais! Obrigada, gente!"

Acesse de um dispositivo móvel:

Nossa Senhora Menina
Delta Tech - Gerenciamento de Conteúdo